Limpar a piscina em cinco passos

limpar piscina

Limpar a piscina é um trabalho composto por diversas tarefas, que se tornarão mais fáceis e eficazes se realizadas por uma determinada ordem. Encontrará aqui, de forma simples e directa, os diferentes passos, as precauções que deve tomar e ainda algumas dicas úteis para que a sua piscina se torne um prazer apenas por olhar para ela.

1º - Limpar o deck

Pouco sentido faria empenhar-se a fundo na limpeza da piscina propriamente dita e esquecer-se de limpar o deck. Mas por estranho que possa parecer, é algo que acontece com grande frequência, seja por desleixo ou por esquecimento.
O resultado é que a sujidade que está no deck depressa acabará na piscina, deitando por terra várias horas de trabalho.

Apanhe o lixo e as folhas caídas nas imediações da piscina e varra o deck. Ocasionalmente, aproveite para o limpar a fundo com os devidos produtos de limpeza: já que meteu mãos à obra, porque não fazer o trabalho completo?

2º - Esvaziar o depósito do skimmer

É comum este depósito ficar esquecido, o que tem consequências negativas para a eficácia geral do sistema de filtragem. Comece por esvaziá-lo e limpá-lo, já que para a fase de aspiração irá necessitar da máxima potência e eficácia que puder.

3º - Limpar a superfície

Pode agora começar a limpeza da piscina propriamente dita, começando pela superfície da água. Recorrendo a uma rede, remova as folhas e outras substâncias flutuantes de maiores dimensões.

Caso note que existe uma camada de sujidade extensa sobre a generalidade da linha de água, deite um pouco de sabão para azulejos em todo o comprimento da piscina: isso fará com que a sujidade se afaste e se concentre nas bordas, tornando-a mais fácil de recolher.

Se a sua rede tiver um revestimento de borracha, pode também raspá-la nos azulejos da linha de água, pois será uma forma adicional de soltar a sujidade maior.

4º - Azulejos

Passe então à limpeza dos azulejos, recorrendo a material específico para esse efeito. Aplique o sabão directamente na escova apropriada e esfregue bem; a sujidade excessiva irá soltar-se para o fundo da piscina, algo que irá tratar no quinto passo.

Não se esqueça de escovar acima, abaixo e na linha de água, já que o nível varia bastante com a evaporação natural e as reposições constantes.
Faça o mesmo em relação às escadas e a outros acessórios que estejam igualmente localizados na linha de água (certificando-se que são compatíveis com este tipo de produtos de limpeza).

Caso se depare com uma área com demasiada sujidade para remover com a escova, pode utilizar uma pedra-pomes, com cuidado para não riscar os azulejos. Esta é particularmente eficaz na remoção de sujidade difícil, especialmente em casos de início de infestação de algas.

5º - Aspiração

O último passo é a aspiração. Irá necessitar da máxima potência possível, por isso certifique-se que tudo está a funcionar correctamente. O skimmer principal deverá ser a única fonte de sucção, e portanto, tape ou desligue (se possível) o cano principal no fundo da piscina e eventuais skimmers secundários.

Supondo que está a utilizar um aparelho manual, comece por encaixar a mangueira no aspirador e mergulhe-os dentro de água antes de conectar a outra ponta ao skimmer.
É importante que a mangueira esteja totalmente cheia de água quando iniciar o processo, pelo que deverá mergulhar o aspirador lentamente até ao fundo da piscina, até que note que existe água na outra ponta.

Ligue-a então ao skimmer e aspire lentamente o fundo da piscina, algo que não é muito diferente de aspirar um tapete em casa. Dê especial atenção aos cantos, onde frequentemente se acumula mais sujidade.

No final, retire o aspirador da água e deixe que o skimmer esvazie a mangueira na totalidade, retirando-a logo de seguida. A piscina voltará então ao seu funcionamento normal.
É comum ficar alguma sujidade retida na própria mangueira, por isso deverá ter cuidado ao removê-la para que esta não regresse à piscina.

Pronta para mergulhar!

E aí está, a sua piscina como nova, bem limpa e mesmo a chamar para um mergulho!
Para que ela se mantenha com esta aparência, lembre-se que o melhor remédio é a prevenção: mantenha a água devidamente tratada com cloro (ou substituto), os filtros limpos e a funcionar correctamente, e não espere tempo demais para a próxima limpeza! Consulte a listagem de tarefas periódicas para não se esquecer de nada!

A sua votação: 
Average: 3.8 (144 votos)

1 comentário for 'Limpar a piscina em cinco passos'

Aspiradores automáticos da Kokido (importador exclusivo no Brasil): http://www.lazerfacil.com/categoria/PARA...

Aspiradores convencionais: http://www.lazerfacil.com/categoria/PARA...

Fervens was created by Design Disease for WordPress, brought to you by Smashing Magazine.
Ported to Drupal by Leow Kah Thong - Freelance Drupal Developer.